domingo, 17 de fevereiro de 2019

PARA A (RE)DEFINIÇÃO DAS CLASSES SOCIAIS E DA IDENTIDADE NACIONAL

Portugal tem hoje bem consolidado um grupo social que assumiu finalmente a imposta, de fora para dentro, designação de beto. Cá para mim, dever-se-ia grafar a palavra com maiúsculas, sendo BETO o acrónimo para Bonito, Educado, Talentoso e Organizado. Importa desde já esclarecer que esta nova definição, que legitima uma mui antiga classe tradicional, rompe com o velho significado cunhado por Miguel Esteves Cardoso. E escusado seria acrescentar que o beto também nada tem a ver com o betinho, que para todos os efeitos sempre foi tido e achado como um parvinho. Há porém uma interessante e importante quantidade de sub-grupos ou tipos que se podem identificar dentro desta classe, os quais foram sendo criados com imaginação e humor, na prática sócio-cultural, sócio-profissional e até sócio-política, pelos próprios. Cheira-me que voltarei amiúde a este tema, que tem pernas para andar, mas finalizo agora esta mensagem, que já vai longa para a política da casa, deixando aos meus queridos leitores identificado e apontado o primeiro, porque mais antigo e simultaneamente mais actual, braço desta classe: o agro-beto.     

sábado, 16 de fevereiro de 2019

NO CENTENÁRIO DO FASCISMO

No próximo dia 23 de Março de 2019 assinalam-se os cem anos da fundação dos Fasci Italiani di Combattimento, em Milão, por Benito Mussolini. E, passado tanto tempo, alfarrabistas e livreiros, por todo o Mundo, nunca venderam tantos livros sobre o Fascismo como agora. É um facto, não são «fake news».

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

A PROPÓSITO DAS FASCINANTES MANAS MITFORD

Agora que o Fascismo voltou a estar na moda entre os investigadores especializados na História do Século XX, estranho não ver aparecerem novos trabalhos sobre Oswald Mosley e a sua British Union of Fascists (BUF).

UM PEQUENO LIVRO COM GRANDE ALCANCE

Leio a biografia de Luís XIV escrita por Nancy Mitford e sinto-me viajar através de dois deliciosos mundos: o do magnífico Rei e o da encantadora Autora.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

DA LEITURA

Durante décadas, por todas as razões, sempre li os livros no formato in-oitavo. Agora, que já não vou para novo, prefiro lê-los em edições in-quarto. Muito por causa dos olhos, que pedem um maior corpo de letra. Contudo, prefiro pensar que se trata de uma atitude estética.

domingo, 10 de fevereiro de 2019

AINDA O FUTEBOL

Na sequência do que ficou escrito na mensagem anterior, há que revelar agora a excepção à referida regra. E, pelo que se acabou de ver, estamos mesmo à boa hora. O Benfica é o único clube lusitano que, devido à sua grandiosa dinâmica desportiva, pode gerar uma verdadeira onda de União Nacional e, ainda, ajudar a projectar Portugal no Mundo.

DA PRINCIPAL ARMA DO SISTEMA CONTRA A NAÇÃO

O futebol só serve para distrair e dividir os Portugueses.

SABORES LUSÍADAS

Um café, acompanhado por um pastel de nata com canela e açúcar, e uma cigarrilha.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

AOS QUE QUEREM ACABAR COM AS MAIÚSCULAS

Eles verão que Verão assim só em Portugal.

DAS ÁRVORES

As Árvores de folha caduca são as melhores amigas do Homem: dão-nos sombra e fresco, no Verão; deixam passar a luz e o calor do Sol, no Inverno.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

O SISTEMA EM SOBRESSALTO COM O DESPERTAR DA NAÇÃO

Os ridículos donos do sistema, que são simultaneamente papagaios na tv, andam todos aflitos com os por eles chamados «movimentos inorgânicos». Sabem bem que esta imparável dinâmica acordará o Povo e levará precisamente à restauração da comunidade nacional orgânica.

IRÓNICO PARADOXO

À medida que Portugal enfraquece, o núcleo de Expansão Portuguesa da minha biblioteca cresce.  

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

DO COMBATE CULTURAL À CONQUISTA POLÍTICA

Décadas de metapolítica católica, nacionalista e monárquica (nomeadamente a feita na blogosfera nacional) estão prestes a dar frutos políticos.
Sob a aparente calma do poderoso e silencioso mar azul já se formam as gigantescas vagas do futuro.
E até os polícias das palavras, os papagaios do politicamente correcto e os donos do sistema já perceberam o que aí vem.


terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

NO DIA DE SÃO JOÃO DE BRITO DE 2019

Leia-se: João de Brito — Herói da Fé e do Império, de João Ameal, Edições SPN, Lisboa, 1941.

domingo, 3 de fevereiro de 2019

SOBRE A DIREITA NACIONAL

Jaime Nogueira Pinto escreve hoje um curioso artigo no Observador. Lembra-se, bem, do Chega. Esquece-se, mal, do PNR. Porque o futuro da Direita Nacional passará principalmente por estes dois partidos. Digo eu. E veremos quem tem razão.

DOS NOVOS HISTORIADORES AOS DOUTRINADORES DO FUTURO

Passado quase meio século sobre o vinte e cinco, e respectiva imposição duma intoxicante abordagem histórica jacobina, Portugal tem finalmente no activo uma nova geração de jovens historiadores — desempoeirados, descomplexados e muitíssimo bem preparados do ponto-de-vista académico.
Agora, já só necessitamos de doutrinadores. Estes, nascerão da leitura daqueles. Mas, mais além e acima de tudo, criarão nova doutrina no contacto com a realidade do dia-a-dia.  

AINDA O 1.º DE FEVEREIRO

sábado, 2 de fevereiro de 2019

IDENTITARISMO LUSITANO

Ó Endovélico, ó Menino antigo,
que esta paisagem adorou temente,
os horizontes ainda estão contigo,
alembram-se de ti saudosamente.
ANTÓNIO SARDINHA
(1887 — 1925)

BLOGUE DO INTEGRALISMO BRASILEIRO

BLOGUE EM DESTAQUE

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

DIA DE LUTO NACIONAL

Faz hoje exactamente 111 anos que vários criminosos jacobinos, financiados e armados por forças obscuras, assassinaram à traição o Chefe de Estado de Portugal — S. M. F. El-Rei Dom Carlos I — e o seu Filho — Príncipe Real Dom Luís Filipe.  

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

DO CALENDÁRIO DOS SANTOS

Hoje é Dia de São João Bosco (Castelnuovo de Asti, 1815 — Turim, 1888). Confessor. Patrono do Cinema, das Escolas de Artes e Ofícios, e dos Prestidigitadores.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

DAS DURAÇÕES DOS INTERREGNOS

Espíritos optimistas diziam-me que o Sistema parido em 1974 sobreviveria apenas o mesmo tempo da sua irmã gémea — igualmente caótica e corrupta —  I República. Rapaz pessimista, sempre afirmei que duraria tanto como a traiçoeira ocupação espanhola. Manda-me agora o bom senso reconhecer que o actual Interregno já não alcançará certamente a longevidade dos famigerados Filipes. Graças a Deus.

DA LÍNGUA PORTUGUESA

Os espectadores assistem agora ao triste espectáculo de serem rebaptizados espetadores. Esta linda obra é certamente da responsabilidade daqueles trogloditas que se dedicam a espetar farpas na Língua Portuguesa. Bate tudo certo.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

NO DIA DE SÃO TOMÁS DE 2019

Bons tempos aqueles em que as cartas eram datadas com o Santo do dia. A ignorância e o jacobinismo, que têm vigorado desde 1789, mas que estão em vias de acabar, impedem, por enquanto, que essa bela prática seja reactivada.
Vem tudo isto a propósito de datar assim esta mensagem, com todo o gosto, especialmente por ela ter como objectivo principal anunciar que as próximas Jornadas Mundiais da Juventude terão lugar na cidade de Lisboa no ano de 2022.
Para rematar, é com prazer que refiro o facto de a ideia da iniciativa das Jornadas ter ocorrido ao Papa São João Paulo II na missa campal que celebrou no Parque Eduardo VII, em Lisboa, em 1982. E eu estava lá.