terça-feira, 17 de julho de 2018

LISBOA PRECISA DE UM MUSEU DOS DESCOBRIMENTOS, DA EXPANSÃO E DA PORTUGALIDADE

segunda-feira, 16 de julho de 2018

DOS DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES

Chamo a atenção dos meus seguidores para o Prós e Contras da RTP 1 de hoje. Parece-me que a presença de Miguel Castelo Branco será garantia de contraditório (coisa rara nesse programa) e qualidade. 

PORTUGUÊS DO SÉCULO:

XII — D. Afonso Henriques.
XIII — D. Dinis.
XIV — Nuno Álvares Pereira.
XV — Vasco da Gama.
XVI — D. Sebastião.
XVII — P. António Vieira.
XVIII — D. João V.
XIX — D. Miguel.
XX — Salazar.
XXI —


sábado, 14 de julho de 2018

RECOMENDÁVEL SÍTIO DE FILOSOFIA PORTUGUESA

sexta-feira, 13 de julho de 2018

BIBLIOGRAFIA SEBASTIANISTA PARA O FUTURO

Poesia e Filosofia do Mito Sebastianista (2 Volumes), de António Quadros, Colecção de Filosofia e Ensaios, Guimarães & C.ª Editores, Lisboa, 1982.
Do Direito ao Império em D. Sebastião, de Paulo Teixeira Pinto, Edições Universidade Livre, Lisboa, 1985.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

DAS ACTRIZES FASCINANTES


Tenho para mim, na linha da escola clássica de representação teatral e cinematográfica, que uma actiz completa tem de ter rosto, corpo e voz encantatórios, convidando-nos assim à fotogénica contemplação e à atenta audição da palavra; e, mais ainda, deverá saber dançar e cantar bem. Ouçamo-la pois e deixemo-nos cativar pela melodia desta moderna diva, que também é musa.

terça-feira, 10 de julho de 2018

LISBOA SECRETA EM TRÊS PASSOS DE GIGANTE

1. Começar por mergulhar nas profundezas aquáticas, descendo as misteriosas escadas.
2. Arriscar sentir a nova energia urbana, passando a estreita porta oculta no meio do túnel mágico.
3. Acabar em pura contemplação, repousando o corpo e a alma, após a caminhada iniciática.
Nota: Programa só aconselhável a espíritos livres, almas ardentes e amantes da beleza.
Escrevi este postal (à época chamava assim às mensagens), nos inícios deste blogue, após um périplo pela Capital do Quinto Império. Correspondia a um dos muitos secretos roteiros lisboetas que eu tinha por hábito revelar às poucas pessoas que os mereciam conhecer. Vem isto a propósito de agora me terem sugerido organizar uns passeios iniciáticos por Lisboa. A ver vamos.

DA BRUXA DE BRUXELAS E DO BREXIT

A União Euroateia anda a brincar com o Reino Unido. Cheira-me que no fim se vai lixar.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

RECOMENDÁVEL SÍTIO DE UM SACERDOTE PREGADOR

sábado, 7 de julho de 2018

DA GENEALOGIA [ALGUNS DOS MEUS FINS-DE-LINHA NORTENHOS]

I. MANUEL MOREIRA, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, c. 1650, casa em Cinfães, Santiago de Piães, aos 28.02.1672, com - sua parente no 4.º grau de consanguinidade - FRANCISCA PINTO, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, c. 1650 [meus 8.ºs avós].
Têm, pelo menos, os seguintes 6 filhos:

II. (1.) MANUEL MOREIRA PINTO, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, bp.  23.12.1672, cc SEBASTIANA DA COSTA E FARIA, n. Cinfães, São Cristóvão de Nogueira, Mourilhe, bp. 09.04.1687, filha de MANUEL DA COSTA, n. Porto, Terra da Feira (hoje Espinho, Anta), e de DOMINGAS DE FARIA, n. Cinfães, São Cristóvão de Nogueira, Mourilhe [meus 8.ºs avós: ver II. (4.)]. Com geração.

II. (2.) JOSEFA, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, bp.  06.04.1679. S. m. n.
 
II. (3.) FRANCISCO MOREIRA PINTO, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, bp.  23.09.1689, c Cinfães, Souselo, 11.08.1726, c MARIANA TERESA JOSEFA DA FONSECA, n. Cinfães, Souselo, filha de ANTÓNIO PINTO DA FONSECA, n. Cinfães, Tarouquela, e de TERESA RIBEIRO, n. Porto, Foz do Douro, moradores na Quinta da Castanheira (freguesia de Souselo, concelho de Cinfães)  [meus 8.ºs avós: ver II. (5.)]. C. g.
 
II. (4.) MARIANA PINTO cc MANUEL DA COSTA RAMOS, n. Cinfães, São Cristóvão de Nogueira, Mourilhe, bp. 11.04.1683 [meu 7.º avô], filho de MANUEL DA COSTA, n. Porto, Terra da Feira (hoje Espinho, Anta), e de DOMINGAS DE FARIA, n. Cinfães, São Cristóvão de Nogueira, Mourilhe [ver II. (1.)]. C. g.
 
II. (5.) CATARINA PINTO DO ESPÍRITO SANTO c Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, 25.11.1723 c DOMINGOS PINTO DA FONSECA, n. Cinfães, Souselo, Louredo, bp. 18.02.1700 [meus 7.ºs avós], filho de ANTÓNIO PINTO DA FONSECA, n. Cinfães, Tarouquela, e de TERESA RIBEIRO, n. Porto, Foz do Douro, moradores na Quinta da Castanheira (freguesia de Souselo, concelho de Cinfães) [ver II. (3.)]. C. g. - entre os quais destaco JOSÉ CAETANO DA FONSECA, n. Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, bp. 20.04.1724, c Cinfães, Santiago de Piães, Bouça, 10.06.1754, c MARIA QUITÉRIA DA COSTA, n. Marco de Canaveses, Penha Longa, Cardia, bp. 29.07.1726 [meus 6.ºs avós], filha de MANUEL DA COSTA RAMOS, n. Cinfães, São Cristóvão de Nogueira, Mourilhe, bp. 11.04.1683 [ver II. (4.)], e de MARIA DA COSTA, n. Marco de Canaveses, Penha Longa, Cardia  [meus 7.ºs avós].
 
II. (6.) JOÃO MOREIRA PINTO. C. g.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

GLÓRIA


quarta-feira, 4 de julho de 2018

SÉTIMA LEGIÃO


terça-feira, 3 de julho de 2018

3 DE JULHO DE 2014

segunda-feira, 2 de julho de 2018

MORAL DE TODO O PENSAMENTO CONSERVADOR

As modas são passageiras, os valores são eternos.

REMATE DO PENSAMENTO CONSERVADOR ANTERIOR

... No entanto, devem mudar-se algumas pequenas coisas acessórias, adaptando-as ao espírito do tempo, para que o essencial possa permanecer intocável.

PENSAMENTO CONSERVADOR PARA HOJE E SEMPRE

Quem muito muda, pouco acerta.

sábado, 30 de junho de 2018

LEVANTAMENTO DAS ÁRVORES PORTUGUESAS (PORQUE O QUE É NACIONAL É BOM)

Letra P: Pado, Padreiro/Plátano-Bastardo, Palmeira-Anã/Palmeira-das-Vassouras, Pereira-Brava (Pyrus Communis e Pyrus Cordata), Periqueiro, Pilriteiro, Pinheiro-Bravo, Pinheiro-Manso, Pinheiro-Silvestre, Piorno-Branco.

CASAMENTO PERFEITO

A Inglaterra é feminina, Portugal é masculino; a Inglaterra é terra-a-terra, Portugal é aéreo; A Inglaterra é aquática, Portugal é fogo; a Inglaterra é concreta, Portugal é abstracto; a Inglaterra é acção, Portugal é pensamento; a Inglaterra é pragmática, Portugal é diletante; a Inglaterra é dramática, Portugal é lírico, a Inglaterra é determinada, Portugal é obsessivo; a Inglaterra é convencional, Portugal é instintivo; a Inglaterra é corajosa, Portugal é heróico; a Inglaterra é filosófica, Portugal é espiritual; a Inglaterra é irónica, Portugal é gozão; a Inglaterra é D. Filipa de Lencastre, Portugal é D. João I. 

VISÕES DO FUTURO

Depois do suicídio demográfico europeu, promovido pelo niilismo ateu, a imigração islâmica limitar-se-á a substituir a desaparecida população e a ocupar o desertificado território. Este é o plano do Islão.
Terão contudo que enfrentar resistentes e valentes legiões constituídas por uma sólida minoria de famílias numerosas de cristãos militantes.
Deste confronto surgirá uma nova Reconquista Cristã.

ACTUALIZAÇÃO DO MISTERIOSO «TOP TEN» DO BLOGUE ETERNAS SAUDADES DO FUTURO

ONLY HAPPY WHEN...


sexta-feira, 29 de junho de 2018

HAPPY WHEN IT RAINS


UM CASO PERDIDO PARA A SOCIEDADE DE CONSUMO

Deleito-me com o visionamento de filmes publicitários. Fazem-me lembrar os bons velhos tempos do Cinema Mudo, com a sua linguagem sintética de imagens em movimento, sem andar a reboque dos diálogos. Contudo, nunca fixo os produtos que essas curtas narrativas tentam impingir. Também me está cá a parecer que não serei o típico target de nenhum desses spots, pois não é fácil encaixar-me em «públicos-alvo», ou lá o que é. 

terça-feira, 26 de junho de 2018

ORSON WELLES


segunda-feira, 25 de junho de 2018

TELEVISÃO PARADISÍACA

Aconselho vivamente aos meus seguidores o visionamento da deliciosa série documental sobre os Jardins de Portugal que está em exibição na RTP 2 e que também pode ser vista aqui.